Susceptibilidade de bovinos mestiços ao carrapato Boophilus microplus (Canestrini, 1887) na microregião Fluminense do Grande Rio, Estado do Rio de Janeiro

Luis Felipe Castro Graeff Vianna, João Luiz Horácio Faccini, Mauricio Balesteiro Pereira

Resumo


Vinte e quatro bezerros mestiços de Bos indicus X B.taurus, com aproximadamente nove meses de idade, foramdistribuídos em três grupos. Grupo I, composto por 18 animaiscom características fenotípicas consagradas do zebu(presença de cupim, barbeia, pregas prepuciais ou vulvareslongas, pele fina e frouxa). O grupo li foi constituído por seisanimais também azebuados, entretanto, com as característicasacima mencionadas, incompletas e o grupo 111, foi consideradocomo a reunião (24 animais) dos dois grupos. Semprejuízo desta classificação, os animais foram alojados emtrês piquetes. Em cada lote, ficaram oito animais (seis dogrupo I e dois do grupo 11). Durante o período experimental,ou seja, de set/88 a ago/89, não foi realizada qualquerinfestação artificial dos animais. A cada 14 dias, eram contadas,de todo o hemisfério direito de cada animal. as fêmeasingurgitadas de Boophilus r'nicrop/us com tamànho superiora 4,5 mm. O B. microplus esteve presente durantetodo o período, contudo, o grau de infestação nos animaisfoi maior entre maio e setembro. Os bovinos do grupo 11tiveram uma quantidade significativamente maior de B.microplus do que os animais do grupo I.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV