Aflatoxina em fígados de frangos de corte, com esteatose, abatidos industrialmente no Estado do Rio de Janeiro

Rosana Rangel Duarte, Eulógio Carlos Queiroz Carvalho, Carlos Alberto R. Rosa

Resumo


Visando a detecção de aflatoxina 81 em fígados defrangos de corte liberados para consumo, foi realizadacoleta de amostras direcionada pela presença de característicasmacroscópicas indicativas de esteatose (palideze/ou coloração amarelada) hepática na linha de retiradadas vísceras em uma indústria sob inspeção estadualno município do Rio de Janeiro, Estado do Rio deJaneiro. Após a liberação para consumo e antes da lavageme resfriamento com gelo, dentro de lotes de 4.000aves, as amostras foram separadas em seis grupos deacordo com um intervalo de freqüência da característicaescolhida. A histopatologia evidenciou esteatose em quatrodos seis grupos, sendo detectada aflatoxina 81 em três dos seis grupos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV