Alterações reprodutivas, hematológicas e anatomopatológicas em fêmeas suínas com títulos de anticorpos contra Leptospira interrogans sorotipo icterohaemorrhagiae

Raul José Silva Girio, Hilma Lúcia Tavares Dias, Luis Antonio Mathias, Aureo Evangelista Santana, Antonio Carlos Alessi

Resumo


Foi realizada uma investigação em quatro rebanhos de suínos que apresentavam transtornos reprodutivos, com osobjetivos de verificar a importância do sorotipo icterohaemorrhagiae como agente etiológico da leptospirose suína eidentificar as alterações reprodutivas, hematológicas e anatomopatológicas provocadas pela infecção. De 158 fêmeas. descartadas por apresentarem insuficiência reprodutiva e manifestações clínicas diversas, foram escolhidas 112, quereagiram contra Leptospira interrogans. Das 112 fêmeas reagentes, 106 apresentaram trtulos contra o sorotipoicterohaemorrhagiae, cinco contra o sorotipo pomona e uma contra o sorotipo bratislava. Nas fêmeas com títulos deanticorpos contra o sorotipo icterohaemorrhagiaeforam observadas alterações reprodutivas de abortamento; reabsorçãoembrionária, anestro, repetição irregular de cio, nascimento de crias fracas, natimorto, prolificidade < 5 e descargasvulvares, além de alterações nos leucogramas e nos exames histopatológicos. Os leucogramas revelaram como maisimportante alteração a leucocitose com neutrofilia e monocitose. Dos 106 suínos reagentes, 88 apresentaram alteraçõesanatomopatológicas no aparelho geniturinário e 18 não apresentaram qualquer tipo de lesão. As principais lesõeshistopatológicas encontradas foram nefrite, nefrose, endometrite e salpingite.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV