Aloenxertos ósseos caninos diferentemente preservados

Ricardo Junqueira Del Carlo, Simone Rezende Galvão, Marlene Isabel Vargas Viloria, Tayse Domingues Souza, Alfredo Maia Filho

Resumo


Foram comparados seis métodos de preservação de aloenxertos ósseos. A autoclavagem desnaturou proteínas einterferiu na incorporação após o implante. A glicerina 98% não foi efetiva na esterilização do osso e alterou suaspropriedades biomecânicas. A refrigeração e o merthiolate não mantiveram o osso sem contaminantes e os enxertosfalharam. O osso preservado sob congelamento em solução fisiológica e antibiótico permaneceu estéril, sua integridadefísica foi preservada e não falhou na enxertia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV