Efeito de exposição de fêmeas de Anocentor nitens (Neumann, 1897) (Acari: lxodidae) a 30% de umidade relativa em diferentes intervalos de tempo

Elza Mika Suzuki, Erik Daemon, João Luiz Horácio Faccini

Resumo


Com o objetivo de conhecer o desempenho biológico de fêmeas ingurgitadas de Anocentor nitens submetidas a 30% deumidade relativa (UR), 21 grupos experimentais, compostos de 1 O fêmeas cada, foram mantidos em dessecadores pordiferentes períodos de exposição, entre 24 e 504 horas (intervalos múltiplos de 24 horas). Após a permanência dos gruposexperimentais em seus respectivos períodos, estes foram transferidos para uma câmara climatizada regulada a 27 ± 1 a c,UR>80% e escotofase. O processo de oviposição não foi influenciado pelos diferentes períodos de exposição a 30% de UR,no entanto, o período de incubação de ovos ovipostos no interior dos dessecadores tendeu a prolongar-se com o aumento dotempo de exposição, o mesmo ocorrendo para o período de eclosão. A taxa de eclosão em períodos de exposição superioresa 432 horas foi menor que 50%, embora a sobrevivência larva! tenha se prolongado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV