Desempenho de suínos em terminação alimentados com diferentes níveis de restrição alimentar e de energia na dieta

Helomar Cristina Almeida Barbosa, Antonio Assis Vieira, Zoroastro Soares Teixeira, Fernando Queiroz Almeida, Joaquim Ferreira Campos

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes níveis de restrição alimentar e níveis de energia dietética sobre desempenho desuínos em terminação. Foram utilizados 720 suínos Dalland, 360 machos castrados e 360 fêmeas, distribuídos em delineamentoexperimental de blocos casualizados em arranjo fatorial, com quatro níveis de restrição alimentar, dois níveis de energialíquida (EL), dois sexos e três blocos. Os níveis de restrição alimentar utilizados foram: 15, 1 O e 5% da alimentação à vontade(0%) e os níveis dietéticos de energia foram de 2.083 e 2.252 Kcal de energia líquida por kg de dieta. As rações foramformuladas à base de sorgo, farelo de soja e farelo de trigo. Foram avaliados o consumo de ração, ganho de peso diário,conversão alimentar, consumo de energia líquida, conversão de energia líquida e e::pessura média de toucinho. Os resultadosobtidos mostraram redução do ganho de peso com aumento no nível de restrição alimentar sem afetar a conversãoalimentar e redução na espessura de toucinho. O aumento no nível dietético de EL resultou em aumento no ganho de peso emelhoria na conversão alimentar e aumento na espessura de toucinho. Os machos castrados e fêmeas apresentaram ganhode peso semelhantes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV