Aspectos clínico-epidemiológicos da doença valvar crônica

Elaine Cristina Soares, Maria Helena Matiko Akao Larsson

Resumo


A doença valvar crônica (DVC) é a cardiopatia mais frequente em caninos, afetando principalmente os idosos, machos e depequeno porte. A valva mitral é a mais comumente acometida, seja isoladamente ou em associação com a lesão da valvatricúspide. Neste trabalho foram estudados 70 caninos portadores de sopro à auscultação, sintomáticos ou não. Procurou-seanalisar a prevalência da doença valvar quanto ao sexo, idade e definição racial, bem como caracterizar a gravidade da doençade acordo com a classe funcional da insuficiência cardíaca, comparando-a com a intensidade do sopro presente. Quanto àpredisposição sexual, etária e racial observou-se que os dados obtidos corroboram com os da literatura existente. Verificou-setambém que, quanto maior a gravidade da doença, maior a intensidade do sopro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV