Avaliação do bloqueio sensitivo e motor da bupivacaína O,So/o hiperbárica subaracnóidea em caprinos

Rafael DeRossi, Alexandre Lopes Junqueira, Marcelo Paixão Beretta, Emanuelle Baldo Gaspar, Leonardo Lima Chaves

Resumo


O objetivo deste experimento foi comparar o bloqueio sensitivo e motor produzido pela administração subaracnóidea debupivacaína 0,5% hiperbárica e a lidocaína 2% em caprinos. Foram usados seis caprinos (machos e fêmeas) adultos. Cadaanimal recebeu três tratamentos: grupo Bup - bupivacaína 0,5% hiperbárica - 0,5 mg/kg (n=6); grupo Lid - lidocaína 2% - 2,5mg/kg (n=6); grupo SS - solução salina como controle (n=6). Todas injeções foram feitas no espaço subaracnóideo entre aúltima vértebra lombar e a primeira sacra!. A analgesia e o bloqueio motor foram avaliados em intervalos determinados eregulares, sendo o tempo basal (minuto O) antes e os outros intervalos após a administração dos fármacos. A bupivacaínaproduziu anestesia regional três vezes mais prolongada (136,5±24,2 min.) que a lidocaína (66,5±31 ,3 min.). O bloqueio motorno grupo que recebeu bupivacaína finalizou antes que o bloqueio sensitivo. A extensão do bloqueio sensitivo no grupo 8up foisuperior alcançando até o dermatomo T8±2. O início do bloqueio sensitivo e motor foram similares para ambos fármacos.Concluímos que a bupivacaína utilizada produziu um tempo de bloqueio sensitivo superior quanto ao tempo de duração eextensão do que a lidocaína, com mínimos efeitos motores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV