Enfermidades prevalentes, causas de mortalidade e gastos com tratamento de bezerros leiteiros na região do Médio ParaíbaRio de Janeiro e Minas Gerais

Rita de Cássia Campbell Machado Botteon, Paulo Tarso Landgraf Botteon, Juracy Castro Santos Júnior, Roberto Silveira Filho

Resumo


As pressões de mercado exigem uma eficiência cada vez maior no uso de fatores de produção e controle dos custos daatividade leiteira. O incremento na produtividade se dá através de práticas que reduzam as perdas e os gastos nas diferentesfases da produção. O presente trabalho foi desenvolvido visando identificar as principais enfermidades, causas de mortalidadee gastos com tratamento em bezerros leiteiros de 1 a 90 dias de idade. O levantamento foi efetuado de agosto de 1998 ajulho de 1999, em 20 Unidades de Produção de Leite tipo C, localizadas entre Valença, Rio das Flores (RJ) e Rio Preto (MG).Foram examinados 1974 bezerros; 35,8% (706) apresentaram evidência clínica de diarréia. Destes, 55,2% apresentaramfezes de consistência mole ou líquida. Outras enfermidades identificadas ao exame clínico foram: onfalite (4,3%), lesões depele de etiologia não pesquisada (4, 1 %), processos inflamatórios do aparelho respiratório {3%), miíase na cicatriz umbilical(0,96%), poliartrite (0,65%) e hérnia umbilical {0,56%). Foram identificados 85 bezerros com sinais clínicos de Tristeza Parasitária(4,3%). No mesmo período foram informados tratamentos para processos diarréicos, afecções pulmonares e "Tristeza"em 157 (8%) e a morte de 76 animais por diarréia. Através de entrevista pessoal, obteve-se a opinião de criadores sobre asdoenças mais freqüentes, causas de mortalidade e gastos com tratamento. A maioria atribuiu à "Tristeza" o maior número demortes e gastos com medicamentos. Diarréia foi considerada a enfermidade de maior freqüência. Verminose pareceu serpreocupante somente quando ocorre um surto de "diarréia de sangue". O custo aproximado do tratamento de um caso dediarréia foi calculado considerando-se o número de animais tratados, a média de· preços dos produtos, dosagens e númerode aplicações informadas pelos criadores. A estimativa de gasto por animal foi equivalente a R$ 2,77 {dois reais e setenta esete centavos), o mesmo que 9,2 litros de leite, considerando R$ 0,30 (trinta centavos) o preço médio por litro de leite pago aoprodutor no período.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV