Histórico do periódico

O amadurecimento das atividades da pós-graduação refletiu-se na criação da Revista Econômica em 1999. Essa revista tem sido reconhecida pela comunidade acadêmica como um veículo importante de divulgação de trabalhos nos mais diversos campos da ciência econômica. Neste sentido, procurou-se, desde o início, evitar a propalada “endogenia” no que se refere aos critérios de seleção de artigos para publicação. A política editorial implementada tem se pautado estritamente por critérios de excelência e pluralidade, o que fica evidenciado na diversidade de temáticas e na variedade de profissionais, de diversos centros do país e do exterior, que tem publicado artigos na mesma, bem como na excelência acadêmica dos avaliadores que têm contribuído com a mesma. Depois de uma gestão que interrompeu a publicação da revista, o colegiado da Pós-Graduação designou a professora Célia Lessa como a nova editora. Iniciou-se, assim, uma nova etapa da revista que, numa parceria com a diretora da Faculdade, obtiveram um financiamento da Prefeitura do Município do Rio de Janeiro que revitalizou a revista da Pós-Graduação da Faculdade de Economia/UFF. A professora Célia Lesa deixou a edição da Revista Econômica em 2008. Entre 2008 e 2009 assumiu a edição a professora Ana Urraca Ruiz e desde 2010 a professora Danielle Carusi Machado, com a ajuda do professor Emmanoel Boff, a partir de 2012. O corpo editorial da revista também foi se modificando. Atualmente, ele é formado pelos professores Ruy Santacruz, Ana Urraca Ruiz, Carmem Feijó, Emanoel Boff, Fabio Waltenberg e Marcelo Carcanholo.