Eficiência Técnica dos Serviços de água e esgoto no Brasil por tipo de atuação e gestão

Felipe Ponciano da da Cruz, Ronaldo Seroa da Motta, Alexandre Marinho

Resumo


O trabalho analisa a eficiência técnica do setor de saneamento no Brasil considerando diferentes áreas de atuação, natureza da administração e tipos de serviços prestados entre os anos de 2006 e 2015. Para tal, utiliza um modelo de programação matemática denominado Análise Envoltória de Dados (Data Envelopment Analysis- DEA) com auxílio das técnicas Jackstrap, para detectar os outliers, e do bootstrap, para corrigir o viés e gerar intervalos de confiança, de modo a calcular escores robustos de eficiência técnica. Os resultados indicam que há economias de escopo quando os serviços de água e esgoto são ofertados pela mesma prestadora. Em geral, também se constatou maior eficiência na gestão privada do que na pública e das prestadoras regionais em relaçãoàs locais.




DOI: https://doi.org/10.22409/reuff.v21i1.35118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.