Tempo de esquecer, tempo de lembrar: memória e gênero das história de Joinville

Janine Gomes da Silva

Resumo


O presente artigo expõe dois momentos específicos da história da cidade de Joinville (SC), a partir, especialmente, das memórias de diferentes mulheres que vivenciaram experiências permeadas pelas dificuldades enfrentadas durante a Campanha de Nacionalização (1938-1945) e, posteriormente, pelas comemorações do primeiro Centenário da cidade (1951). Salienta-se que ouvir as diferentes narrativas foi extremamente interessante, pois os discursos oficiais sobre esses dois momentos da história da cidade ganharam, a partir das memórias de Maria, Walta, Jutta, Helena, entre outras, enredos que vão além de uma história de traumas ou comemoração. Palavras chave: memória feminina; Campanha de Nacionalização; Centenário de Joinville.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v5i1.279

Apontamentos

  • Não há apontamentos.