A CULTURA ANDRÓGINA NO BRASIL DO FINAL DO SÉCULO XX: DZI CROQUETTES, NEY MATOGROSSO E LAURA DE VISON

Walace Rodrigues

Resumo


O objetivo deste artigo é pensar sobre a importância do submundo cultural andrógino no Brasil e as potencialidades críticas que certas atividades artísticas ligadas a tal submundo fizeram florescer. Neste escrito buscamos trabalhar com conceitos (como cultura, submundo e androginia) e com personalidades do mundo do entretenimento (como o grupo Dzi Croquettes, o cantor Ney Matogrosso e a performista Laura de Vison) que marcaram uma época - as três últimas décadas do século XX - de profícua produção artística. Alguns destes artistas são desconhecidos do grande público, porém suas performances mostravam grande valor crítico e desconstrutivo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v17i2.950

Apontamentos

  • Não há apontamentos.