PERCEPÇÃO DE HOMOFOBIA FAMILIAR E SOCIAL DE HOMOAFETIVOS DO MUNICÍPIO DE CACOAL/RO

Alexandra Gomes Leite, José Roberto Paiva Silva, Heverton Magno Missiatto, Leandro Aparecido Fonseca Missiatto

Resumo


Este artigo resulta de um estudo cujo objetivo foi verificar a percepção de homofobia familiar e social de homoafetivos do município de Cacoal/RO. Participaram da pesquisa 18 pessoas. Os resultados demonstraram que 13 dos entrevistados já sofreram algum tipo de preconceito homofóbico, sendo que 11 perceberam a homofobia em âmbito social e familiar e apenas 02 disseram ter sofrido homofobia exclusivamente familiar. Os dados sugerem que a homofobia social e familiar geralmente ocorre concomitantemente. O estudo aponta a necessidade de investir socialmente em políticas psicoeducativas de acolhimento e respeito às diversidades sexuais.

Palavras-chave


Homofobia familiar; homofobia social; sexualidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v20i1.38484

Apontamentos

  • Não há apontamentos.