ESTRATÉGIA DE VIVER A VIDA DE UMA TRABALHADORA EXPATRIADA À LUZ DA ESTRATÉGIA EXISTENCIAL CONSUMISTA

Aline Mendonça Fraga, Vanessa Amaral Prestes, Carmem Ligia Iochins Grisci

Resumo


O presente estudo toma peculiaridades relativas ao gênero na especificidade da expatriação, à luz da estratégia existencial consumista. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que se utilizou da entrevista narrativa como dispositivo de produção e análise. Os dados foram analisados à luz do referencial teórico vindo a comporem a narrativa construída no processo de análise. Os resultados apontaram para uma estratégia de viver a vida pautada na incorporação de um modo de ser e agir conforme a ordem masculina. A estratégia de viver a vida caracterizada se viu exacerbada em condição de expatriação, sustentando a estratégia existencial consumista.

Palavras-chave


Gênero; Expatriação; Estratégia de viver a vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v20i1.38485

Apontamentos

  • Não há apontamentos.