A educação superior no Chile: continuidades e desafios

Afrânio Catani, Juan Carlos Esquivel, Renato Gilioli

Resumo


O objetivo do presente trabalho é oferecer um panorama das reformas da educação superior no Chile desde a década de 1980. A partir da orientação político-institucional estabelecida com o regime militar do general Augusto Pinochet (1973-1990), uma série de reformas do Estado foi implementada, dentre as quais destacam-se as mudanças legais na organização da educação superior. O modelo foi reorganizado apresentando como características principais uma ampla diferenciação institucional, o estabelecimento de procedimentos de avaliação (examinación e acreditación) e a diversificação das fontes de financiamento para a educação superior pública, com ênfase no arancelamiento.

Palavras-chave: educação superior; Chile; reforma educacional.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i11.143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

MOVIMENTO - revista de educação - FEUFF-PPGEUFF - ISSN 2359-3296/ISSN-L: 1518-0344

 

Fontes de indexação:

                                                                       

 

                             

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter