A educação e os especialismos: um ensaio sobre a formação PSI

Crisóstomo Nascimento, Jurema Dantas

Resumo


Este artigo procura contextualizar a formação psi em seu momento histórico, buscando um reposicionamento ante uma formação que, ainda hoje, se encontra atrelada a uma noção de especialismo. Além disso, analisa como a psicologia e a própria educação estão formando profissionais como meros reprodutores de conceitos e técnicas destituídos da história. Ele se conclui apontando para a possibilidade de uma formação psi que, comprometida socialmente, possa priorizar o humano, reiterando no ato de viver o caráter pleno de luta política e o da afirmação de modos singulares de existir.

Palavras-chave: Especialismo; Psicologia; Educação.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i14.181

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 

MOVIMENTO - revista de educação - FEUFF-PPGEUFF - ISSN 2359-3296/ISSN-L: 1518-0344

 

Fontes de indexação:

                                                                       

 

                             

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter