ESTIMATIVA DE TESTE DE SOFTWARE: LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO EM VEÍCULOS BRASILEIROS E INTERNACIONAIS

Luciana Vago Matieli, Fernando Oliveira de Araujo

Resumo


As metodologias empregadas no mercado referentes às práticas de precificação relacionadas à atividade de testes de software estão fortemente baseadas em empirismo, sem parâmetros ou critérios amplamente aceitos, o que não confere a devida credibilidade em termos de prazo e custo, para empresas. Apesar da destacada importância teórica e empírica atribuída à área de teste de software, ainda são poucas, no Brasil, as investigações acerca do tema - estimativa de teste de software. O presente artigo oferece uma revisão da literatura das principais publicações acadêmicas de circulação nacional e internacional voltadas para o estudo de como estimar teste de software, visando fomentar e orientar futuras pesquisas nacionais especificamente dedicadas a essa temática. A revisão propiciou tanto a caracterização de como estimar teste de software, como o levantamento das principais técnicas existentes

Palavras-chave


: estimativa de teste de software; metodologia para estimativa de teste de software; qualidade de software.

Texto completo:

PDF

Referências


Aranha, E. & Borba, P. An estimation model for test execution effort, 2007. Disponível em:.Acessado em: 22 de janeiro 2015.

Bastos, A.; Rios, E.; Cristalli, R. & Moreira, T. Base de Conhecimento em Teste de Software.Martins, São Paulo, 2007.

Lazic, L. & Mastorakis N. (2008). Cost Effective Software Test Metrics. Wseas Transactions on Computers, Servia, v.7, n.6, p. 599-619.

Liou, J. (2010). On Software Test Estimate and Requirement Tracking. 19th International Conference on Software Engineering and Data Engineering 2010, USA, p. 57-62.

Lopes, F. A. & Nelson, M. A.V. Análise das Técnicas de Estimativas de Esforço para o Processo de Teste de Software, 2008. Disponível em:

. Acessado em: 15 de fevereiro 2013.

Martins, J. C. C.. Técnicas Para Gerenciamento de Projetos de Software. Bransport, Rio de janeiro, 2007.

Matieli, L. V. Proposta metodológica para elaboração orçamentária de testes de software. Dissertação (Mestrado em Sistemas de Gestão). Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2014. Orientador: Prof. Fernando Oliveira de Araujo.

Nageswaran S. Test Effort Estimation Using Use Case Points (UCP), 2001. Disponível em: Acessado em 06/01/2015.

Mastorakis, N.; Mladenov, V. & Kontargyri, V. T.. Proceedings of the European Computing Conference. Springer, Grécia, 2009.

Nguyen, V.; Pham, V.; & Lam, V. (2013). qEstimation: A Process for Estimating Size and Effort of Software Testing. International Conference on Software and Systems Process, USA, p. 20-28.

Patel, N.; Govindrajan, M.; Maharana, S. & Ramdas, S. Test Case Point Analysis - Cognizant Technology Solutions, 2001. Disponível em:

. Acessado em 06/01/2015.

Pressman, R. S. Software Enginnering: a practitioner’s approach. McGraw-Hill, USA, 2005.

Souza, P. P. de; Barbosa, M. W. & Silva, A. R. da, Estimativa de Esforço de Teste no Auxílio da Garantia da Qualidade de Software, 2010 Disponível em: < http://www.spinsp.org.br/artigos/Revista_PBQP_2_Edi%C3%A7%C3%A3o.pdf>. Acessado em 07/01/2015.

Tronto, I. F. de B.; Silva, J. D. S. da; & Sant’anna, N. (2008). An Investigation of Artificial Neural Networks Based Prediction Systems in Software Project Management. The Journal of Systems and Software, v.81, p. 356–367.

Veenendaal, E.V. & Dekkers, T. Test point analysis: a method for test estimation. Project Control for Software Quality, Editors, Rob Kusters, Adrian Cowderoy, Fred Heemstra and Erik van Veenendaal. Shaker Publishing, 1999.

Zhou, B.; Okamura, H.; & Dohi T. (2013). Brief Contributions: Enhancing Performance of Random Testing through Markov Chain Monte Carlo Methods, IEEE Transactions On Computers, v. 62, n. 1, p.186-192


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Relatórios de Pesquisa em Engenharia de Produção