n. 78 (2018)

A GESTÃO DO CAPITAL INTELECTUAL E DO CONHECIMENTO COMO FATOR PARA A COMPETITIVIDADE

DOI: https://doi.org/10.22409/sbijounal2018.i78

RESUMO


O Capital Intelectual (CI) é a soma do conhecimento de todos em uma organização, proporcionando vantagem competitiva por meio dos resultados alcançados. A importância do CI na economia de hoje, baseada no conhecimento, resultou em uma grande quantidade de pesquisas sobre sua avaliação e gestão. Os intangíveis tornaram-se uma questão importante não só para os acadêmicos, mas também para os governos, reguladores, empresas, investidores e outras partes interessadas. Com isso, a Gestão do Conhecimento (GC) pode ser colocada como um processo sistemático para adquirir, organizar e comunicar conhecimento, tanto tácito e explícito para todos os envolvidos na organização, possibilitando serem mais eficazes e produtivos em seu trabalho. O presente estudo apresenta-se como um ensaio teórico e aborda a importância do CI nas organizações, além de traçar uma ligação com a GC e os objetivos permitindo um aprofundado entendimento acerca do tema. Assim, tem-se que a relação entre a CI e GC é de vital importância para uma organização e que o CI sendo utilizado e explorado corretamente, torna-se o recurso central para a competitividade sustentável e sucesso da organização. Por outro lado, a GC desempenha um papel fundamental no processo de desenvolvimento e exploração do CI.

Palavras-chave: Capital intelectual, gestão do conhecimento, ativos intangíveis, competitividade.

Sumário

Artigos

Nara Medianeira Stefano, Nelson Casarotto Filho
PDF