n. 88 (2019)

O ensino da responsabilidade social nos cursos de ciências empresariais das Instituições de Ensino Superior públicas portuguesas

DOI: https://doi.org/10.22409/sbij.v0i88

Resumo:

A Responsabilidade Social Corporativa (RSC) tem vindo a incrementar a sua importância tanto para a sociedade como para a gestão operacional e estratégica das empresas.

As Instituições de Ensino Superior (IES), portuguesas e estrangeiras, que ministram formação na área das ciências empresariais têm a obrigação de contribuir para a promoção da RSC formando gestores com competências adequadas. Esta obrigação advém da sua missão, mas também das recomendações da União Europeia e das declarações das Nações Unidas.  

Este trabalho tem como objetivo averiguar se nos cursos de ciências empresariais, nomeadamente os com a denominação de gestão e de contabilidade, das IES públicas portuguesas se verifica o ensino de matérias relativas ao tema da RSC.  Para o efeito, recorre-se à metodologia da análise de conteúdo dos planos curriculares, verificando se os mesmos incluem unidades curriculares (UC) sobre esse tema, de caráter obrigatório ou facultativo, e qual o peso das mesmas no plano de estudos.   

Concluiu-se existir um reduzido número de UC autónomas, um diminuto peso atribuído em créditos e um caráter predominantemente facultativo dessas UC, destacando-se em todo caso a palavra “Ética” na denominação das UC identificadas, principalmente no 1º ciclo.

Esta investigação pretende contribuir para o conhecimento da presença (ou ausência) do tema da RSC nos planos de estudos dos cursos de gestão e contabilidade nas IES públicas portuguesas, permitindo a comparação com outros estudos internacionais. Pretende também alertar as IES para a necessidade de incluírem estas matérias nos seus currículos, respondendo aos apelos das várias organizações internacionais.

Palavras-chave: Ensino superior, Ética, Portugal, Responsabilidade Social, Sustentabilidade.

Abstract

Corporate Social Responsibility (CSR) has come to be more and more important for society as well as for the operational and strategic management of companies.

The Portuguese and foreign High Education Institutions (HEIs) which provide education in the business science area should contribute to promote the CSR, supplying the adequate skills to the managers. This is an obligation that is rooted in their mission, but it is also assigned to them through European Union recommendations and in the declarations of the United Nations.

This work aims to study if the courses lectured in the business science area in Portuguese public HEIs allow students to acquire these skills. We use the content analysis methodology of their study plans, in order to know if they include courses about this subject, if these courses have mandatory or optional nature and the expression of them in the total credits of each study plan. 

According to our results, there are a small number of autonomous courses on this topic (CSR), they are mainly optional and have small expression in the total of credits. “Ethics” is the main word found in the name of the courses identified and these courses are mainly in the first study cycle.

This research contributes to know the presence (or absence) of the CSR topic in the study plans of the management and accounting courses in the Portuguese public HEIs, and to compare our results with other international studies. It also aims to draw the attention of HEIs to the need to include this subject in their curricula, responding the calls from various international organizations.

Keywords: Ethics, High education, Portugal, Social Responsibility, Sustainability.

 

 

 


 

Sumário

Artigos

Fernanda Alberto
PDF