A CONDIÇÃO DE VIDA E AS EXPECTATIVAS DE JOVENS DO CAMPO E DA CIDADE FRENTE AO TRABALHO, À EDUCAÇÃO E AO FUTURO

Rafael Márcio Kreutzer, Adriana D’Agostini

Resumo


Trata-se de jovens de escolas rurais e urbanas, problematizando sua condição de trabalho, educação e perspectivas de futuro. A pesquisa de campo foi através de questionários e grupos focais. Os dados evidenciaram mais semelhanças do que divergências entre a condição dos jovens urbanos e rurais. A maioria dos jovens são trabalhadores desde muito cedo e para muitos a educação aparece como alternativa para o mercado de trabalho capitalista, além de tenderem a rejeitar a autoridade da instituição escolar e do Estado. Os jovens procuram na escola espaços de cultura, esporte e sociabilidade.

Palavras-chave


Juventude; trabalho; educação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/tn.16i30.p10093

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fontes de Indexação:

        

 

Apoio:

          Resultado de imagem para abec brasil logo

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Contador de visitas
Contador de visitas

acessos a partir de 21/09/2018.