DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Janaina Goulart Oliveira Queiroz

Resumo


O presente estudo 3 tem como tema a produção e reprodução da vida de trabalhadores migrantes temporários nordestinos da construção civil que trabalham no Campus central da Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC, em Florianópolis/SC. Seu objetivo principal é analisar as condições de vida, trabalho, moradia e escolarização dos trabalhadores diante do crescimento das migrações na atualidade. Na pesquisa empírica foi realizado um trabalho de campo nos canteiros de obras no campus, com o propósito de identificar as empresas que prestam serviço na universidade e também quais as empresas que empregavam maior número de trabalhadores migrantes temporários nordestinos. Na coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os trabalhadores migrantes e com as empresas nos canteiros de obras da universidade. A pesquisa de campo envolveu ainda conversas informais com os trabalhadores migrantes, com as empresas e registros fotográficos.

Palavras-chave


Trabalho, Condições de vida, Migrantes Nordestinos

Texto completo:

PDF

Referências


FERNANDES, F. Educação e Sociedade no Brasil. São Paulo: Dominus/Edusp, 1966.

FONTES, V. O Brasil e o capital-imperialismo. 2. ed. Rio de Janeiro: EPSJV/Editora UFRJ, 2010.

HARVEY, D. O neoliberalismo – história e implicações. São Paulo: Loyola, 2008.

HOBSBAWM, E. A era do capital: 1848-1875. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2017.

IBGE. Censo Demográfico 2010: Características da população e dos domicílios. Resultados do universo. Rio de Janeiro (RJ): IBGE, 2011. 270 p.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. Trad. de Reginaldo Sant`Anna.

ª edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, livro 1, v. 2, 2011.

MÉSZÁROS, I. A educação para além o capital. Trad. de Isa Tavares. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

SILVA, M. A. de M. Destinos e trajetórias de camponeses migrantes. Anais. VIII Encontro Nacional de Estudos Populacionais. 1992. 161-186 Disponível em:

. Acesso em: 11 nov. 2015.

RUMMERT, S. M. Educação e formação humana no cenário de integração subalterna no capital-imperialismo. Anais. 34ª REUNIÃO ANUAL DA ANPED. Natal, RN, outubro de 2011.

SILVER, B. Forças do trabalho: movimentos de trabalhadores e globalização desde 1870. Trad. de Fabrizio Rigout. São Paulo: Boitempo, 2005.

-186




DOI: https://doi.org/10.22409/tn.17i34.p38061

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fontes de Indexação:

        

 

Apoio:

          Resultado de imagem para abec brasil logo

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Contador de visitas
Contador de visitas

acessos a partir de 21/09/2018.