A FUNÇÃO SOCIAL DO PROFESSOR: CONCEPÇÕES EM CONFLITO

Carmen Freitas

Resumo


O presente trabalho pretende investigar as concepções acerca da função social do professor, isto é, seu papel dentro da sociedade. Compreendemos que existem duas concepções em conflito, cada uma ligada a uma forma de organização do trabalho e da formação docentes: a que está presente nas políticas públicas educacionais, e aquela presente nos movimentos sociais de educação. Após investigar as duas concepções, concluímos que nas políticas públicas prevalece a concepção de professor tarefeiro, um professor sem autonomia que apenas cumpre procedimentos preestabelecidos, e que esta concepção está comprometida com interesses mercadológicos. Já nos movimentos sociais de educação, a concepção preponderante é a de professor intelectual, que concebe seu próprio trabalho; concepção esta que está ligada a uma visão emancipadora da educação e do mundo.

Palavras-chave


Função social do professor; trabalho docente; autonomia pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/tn.10i15.p6870

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fontes de Indexação:

        

 

Apoio:

          Resultado de imagem para abec brasil logo

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Contador de visitas
Contador de visitas

acessos a partir de 21/09/2018.