HOSPITALIDADE EM CAMPINGS E REFÚGIOS COMO ALTERNATIVAS ECONÔMICAS EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS SITUADAS EM ÁREAS PROTEGIDAS DE MATA ATLÂNTICA DA REGIÃO SERRANA CENTRAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, RJ.

Carlos Eduardo dos Santos Diniz

Resumo


A pesquisa compreende um diagnóstico preliminar sobre a oferta turística nos distritos de Guapiaçu, na Área de Proteção Ambiental (APA) da Bacia do Rio Macacu, Lumiar e Campo do Coelho, na APA Macaé de Cima e Parque Estadual dos Três Picos,  nos municípios de Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo, respectivamente. Os objetivos foram caracterizar a oferta de meios de hospedagem e campings que empregam mão de obra familiar, facilitando o acesso e a permanência do turista próximo a atrativos naturais característicos da floresta atlântica e contribuindo para a consolidação de fluxos turísticos e a recuperação ambiental em áreas com uso do solo predominantemente agrícola da região serrana central fluminense. Foi adotada uma abordagem qualitativa-quantitativa através de entrevistas com perguntas abertas com prestadores de serviços turísticos, contribuindo para o conhecimento do desempenho e satisfação dos microempreendedores com estas atividades nestas localidades. Nas entrevistas ficou evidente que a Hospitalidade dos Campings e Refúgios é mais doméstica do que profissional, constituindo uma fonte de renda complementar que auxilia as despesas com a manutenção da residência e da pequena propriedade rural.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Anuário estatístico de turismo-2014, vol.41, ano base 2013. Ministério do Turismo. Disponível em < http ://www.dadosefatos.turismo.gov.br /export /sites/default/dadosefatos/anuario/downloads_anuario/Anuario_Estatistico_de_Turismo_-_2014_-_Ano_base_2013.pdf > Acesso : 28/04/2015.

BRASIL. Censo 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. Disponível em: < http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/tabelas_pdf/total_populacao_rio_de_janeiro.pdf > Acesso: 18/04/2015.

BRASIL. Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria do Ambiente, Instituto Estadual do Ambiente. Plano de Manejo do Parque Estadual dos Três Picos, 1ª revisão, Junho/2009.

BRASIL. População Estimada-2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, Disponível em: Acesso : 11/03/2015.

BRASIL. Ministério do Turismo. Segmentação do turismo e o mercado. / Ministério do Turismo, Secretaria Nacional de Políticas de Turismo, Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico, Coordenação Geral de Segmentação. – Brasília: Ministério do Turismo, 2010. 172 p.

CAMARGO, L. O. de L. O domínio da hospitalidade. In: Hospitalidade: cenários e oportunidades. Ada de F. M. Dencker/Marielys S.Bueno (orgs.)- São Paulo: Pioneira Thomsom Learning, 2003.

CRUZ, R. de C. A. Hospitalidade turística e fenômeno urbano no Brasil. In: Hospitalidade: reflexões e perspectivas. – São Paulo: Manole, 2002.

D´ONOFRE, D. G. Uma análise da situação do turismo rural nos distritos de Lumiar e São Pedro da Serra em Nova Friburgo (RJ). Monografia de conclusão de curso de bacharelado em Turismo. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2010.

D´ONOFRE, D. G. Temáticas emergentes em turismo rural: os tempos e espaços da hospitalidade nos circuitos turísticos de Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil: o hibridismo do doméstico e do comercial, do rural e do urbano. IX Congresso Internacional sobre Turismo Rural e Desenvolvimento Sustentável-CITURDES, USP, São Paulo, 2014. Disponível em: Acesso: 04/05/2015

GOMES, B. M. A. Políticas públicas e as transações em regiões turísticas. Bruno Martins Augusto Gomes – São Paulo: All Print editora. 2008.

IGNARRA, R. L. Fundamentos do turismo./Luiz Renato Ignarra. São Paulo : Pioneira, 1999

PACHECO, A. L. C.; IRVING, M. de A. Turista: o sujeito oculto da sustentabilidade. In: Turismo e sustentabilidade no Rio de Janeiro/orgs. Roberto Bartholo, Mauricio Delamaro e Luciana Badin.- Rio de Janeiro: Garamond, 2005.

SEBRAE. Dados socioeconômicos dos municípios do Estado do Rio de Janeiro agrupados por região, segundo a divisão de atuação do Sebrae/RJ, 2015. Disponível em: Acesso: 29/04/2015


Apontamentos

  • Não há apontamentos.