APROVEITAMENTO DE CONDENSADO E UTILIZAÇÃO DE VAPOR FLASH NO EXPANDER

Autores

  • Eduardo Rasi Almeida Prado Universidade Estadual de Maringá
  • Flavio Luis Lemos Universidade Estadual de Maringá
  • Alessandro Trombeta Universidade Estadual de Maringá
  • Bruno Raphael Ferraz de Almeida Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.22409/engevista.v14i3.368

Resumo

Numa indústria de extração de óleo de soja, há diversas etapas desde que o grão sai do campo até a obtenção do óleo refinado, pronto para o consumo humano. Dentre essas etapas a etapa da preparação dos grãos apresenta grande importância no processo, pois esta etapa aumenta significativamente o rendimento da extração. Ainda, a preparação dos grãos apresenta duas subetapas de grande importância, sendo elas o condicionamento dos grãos e a expansão da massa. Estas subetapas ocorrem no interior do condicionador e no interior do expander, respectivamente. No condicionador ocorre o pré-cozimento dos grãos por injeção indireta de vapor. Já a expansão ocorre por meio do contato direto com vapor a pressões mais altas que a atmosférica, o que ocasiona diversas mudanças na massa que vai sofrer o processo de extração. Neste trabalho foi realizado um estudo sobre a redução do consumo de vapor utilizado no expander, utilizando-se parcialmente o condensado proveniente do condicionador vertical. Este condensado passou por um tanque de flash e o vapor formado foi direcionado ao expander, diminuindo assim a quantidade utilizada de vapor proveniente da caldeira.

Biografia do Autor

Eduardo Rasi Almeida Prado, Universidade Estadual de Maringá

Programa de pós-graduação em Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá-UEM. Avenida colombo, 5790 - Bloco E46. CEP 87020-900.

Flavio Luis Lemos, Universidade Estadual de Maringá

Programa de pós-graduação em Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá-UEM. Avenida colombo, 5790 - Bloco E46. CEP 87020-900.

Alessandro Trombeta, Universidade Estadual de Maringá

Programa de pós-graduação em Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá-UEM. Avenida colombo, 5790 - Bloco E46. CEP 87020-900.

Bruno Raphael Ferraz de Almeida, Universidade Estadual de Maringá

Graduação em Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá-UEM. Avenida colombo, 5790 - Bloco D90. CEP 87020-900.

Downloads

Publicado

2012-05-18

Edição

Seção

Artigos