AVALIAÇÃO DOS OBJETIVOS SOBRE SAÚDE DOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS POR PROFESSORES MUNICIPAIS DE SÃO LEOPOLDO, RS.

CAROLINA ESTRADA, JOSÉ CLAUDIO DEL PINO

Resumo


do educando. Vendo a escola como uma contribuinte e negando seu papel determinista na formação do sujeito, como a escola pode auxiliar na manutenção da Saúde? O que o
professor enxerga como necessário à aprendizagem do aluno dentro dessa temática? No ano de 2008, os professores atuantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede
Municipal de Ensino do Município de São Leopoldo receberam um questionário solicitando a qualificação dos objetivos determinados pelos PCN’s para a área Saúde.
Trezentos e quarenta e três professores atuantes nos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação de São Leopoldo responderam à questão proposta. Os professores generalistas avaliaram os objetivos como relevantes, justificando o desenvolvimento dos mesmos com seus alunos. Tendo a educação como fator permanente na vida do sujeito, a escola é um elemento que influencia essa
formação. Não podendo ser vista como uma instituição que determina pensamentos. Promover Saúde se mostra um compromisso assumido pelos professores, mas não
garante que a conduta do indivíduo será como o “ensinado” na escola. O sujeito faz suas escolhas, o sujeito compreende a seu modo o objeto.
Palavras-chave: anos iniciais do Ensino Fundamental, Saúde, trabalho docente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/esa.v3i2.118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.