O POTENCIAL DO ESPAÇO COLETIVO PARA A DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES PREVENTIVAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE: UMA PRÁTICA EDUCATIVA SOBRE HPV E CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

amanda Pimentel de queiroz berk, Marcelo Borges Rocha, Taciana Novelo Gatto

Resumo


A situação da área da saúde no Brasil apresenta condições precárias e alta carência de atendimento à população. Muitas doenças podem ser evitadas a partir da divulgação de informações pertinentes a prevenção e hábitos que favorecem a manutenção da saúde. Esse trabalho surge com o intuito de demonstrar como uma prática educativa, expositiva e interativa, num bairro do Rio de Janeiro impacta positivamente os moradores daquela região. A atividade desenvolvida teve como temática o vírus HPV e o câncer de colo de útero. Os dados de coleta foram obtidos através do discurso dos participantes e consideramos a metodologia como qualitativa e quantitativa. Nos resultados mapeamos a condição do conhecimento sobre o tema e prática preventiva dos participantes, que em sua maioria assegura a importância da realização de ações educativas semelhantes. Considera-se determinante a elaboração e a manutenção de campanhas e ações educativas de amplo alcance à população.

Palavras-chave: DST, prática educativa, HPV, prevenção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/esa.v9i3.539

Apontamentos

  • Não há apontamentos.