Os princípios de Darwin na consolidação dos conteúdos de Evolução do Ensino Médio

Bruna Malavazi Dell' Antonio, Vilacio Caldara Junior

Resumo


O conceito de Evolução Biológica, baseado na Seleção Natural, é considerado um guia articulador dos conteúdos da Biologia, além de contribuir para a construção do pensamento crítico dos alunos, devido ao seu caráter controverso. Entretanto, o seu ensino em sala de aula enfrenta obstáculos, como a falta de tempo, escassez de recursos didáticos e o conhecimento prévio dos alunos.  Tendo em vista minimizar as dificuldades em se trabalhar o tema em sala de aula, objetivou-se nesse trabalho avaliar a eficácia da intervenção utilizando um protocolo de ensino de Evolução Biológica no Ensino Médio baseado nos cinco princípios fundamentais de Charles Darwin, por meio de instrumentos para o ensino. O projeto foi aplicado no Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Santa Teresa, com duas turmas da terceira série do Ensino Médio. As informações dos jogos, site e vídeo serviram de base para trabalhar as premissas do protocolo e como fundamento para os conceitos do livro didático. Para a obtenção de dados, os alunos desenvolveram relatórios ao final de cada etapa, que foram analisados a partir do método pedagógico de categorização de conteúdos, quadros e gráfico. Verificou-se que o uso de uma metodologia alternativa mais dinâmica, estruturada nas premissas de Darwin, permitiu maior entendimento sobre a Evolução e despertou maior atenção dos discentes, colaborando para o desenvolvimento das aulas. Portanto, conclui-se que a proposta metodológica surge como uma alternativa eficaz quanto à articulação dos conceitos da Biologia à luz da Evolução, facilitando o trabalho do professor e potencializando a aprendizagem do aluno.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/esa.v11i1.669

Apontamentos

  • Não há apontamentos.