O espaço em devir do vídeo documentário / The becoming of space in the documentary video

Autores

  • Cristiano Barbosa Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas
  • Juliana Soares Bom-tempo Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.22409/geograficidade2012.20.a12849

Palavras-chave:

Documentário, espaço, devir-cenário, encontros

Resumo

Este texto analisa a ideia do espaço que se configura no processo de produção do vídeo documentário a partir de uma perspectiva relacional entre os encontros dos envolvidos e a criação de novas espacialidades. Para tanto, analisamos a produção do vídeo documentário Tem Gente no Parque, com base no conceito de devir de Deleuze e Guattari e, conjuntamente, utilizamos as concepções de espaço da geógrafa Doreen Massey e do poeta Ferreira Gullar, além das proposições de documentário do cineasta Eduardo Coutinho, em busca de cartografar conexões desses pensadores na relação entre vídeo, devir e espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Barbosa, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Doutorando da Faculdade de Educação

Área de concentração: Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte

Grupo de Pesquisa: OLHO - Laboratório de Estudos Audiovisuais

Juliana Soares Bom-tempo, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Doutorando da Faculdade de Educação

Área de concentração: Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte

Grupo de Pesquisa: OLHO - Laboratório de Estudos Audiovisuais

Referências

COUTINHO, Eduardo. Na altura do olho. In: WORCMAN, Karen; PEREIRA, Jesus Vasquez (org.). História Falada: memória, rede e mudança social. São Paulo: SESCSP: Museu da Pessoa: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, p. 191 – 195, 2006.

DELEUZE, Gilles. A ilha deserta e outros escritos. (Edição preparada por David Lapoujade, organização e tradução Luiz B. L. Orlandi), São Paulo: Iluminuras, 2006.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: Capitalismo e Esquizofrenia. (Trad. Aurélio Guerra e Célia Pinto Costa). Vol. I. Rio de Janeiro: 34, 1995.

GULLAR, Ferreira. Em alguma parte alguma. 3ª Edição. Rio de Janeiro: José Olympio, 2010.

MASSEY, Doreen. Pelo espaço: uma nova política da espacialidade. (Trad. Hilda Pareto Maciel e Rogério Haesbaert.) Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009

MIGLIORIN, Cezar. Documentário recente brasileiro e a política das imagens. In: MIGLIORIN, Cezar (org.). Ensaios do real: o documentário brasileiro hoje. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, p. 9-25, 2010.

Downloads

Publicado

2012-08-18