Relações preliminares da geometria hidráulica regional para rios das regiões oeste e sudoeste do estado do Paraná

Autores

  • Oscar Vicente Quinonez Fernandez Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2009.v11i22.a13583

Palavras-chave:

geomorfologia fluvial, geometria hidráulica, descarga de margens plenas.

Resumo

O trabalho apresenta os resultados preliminares das relações da geometria hidráulica regional para rios das regiões Oeste e Sudoeste do Estado do Paraná. A cota dos diques marginais foi adotada como referencia na definição do nível de margens plenas. A área de drenagem das estações variou de 969 a 12.124 km2. As relações entre a área de drenagem e a vazão, largura, profundidade e capacidade do canal, todas medidas em nível de margens plenas, alcançaram valores de coeficiente de correlação (R2) iguais a 0,94; 0,89; 0,49 e 0,83 respectivamente. Estes resultados mostram a forte correlação entre as variáveis da geometria hidráulica regional para as estações fluviométricas inseridas numa região fisiográfica caracterizada pela homogeneidade climática e geológica. As equações permitem estimar a vazão e as dimensões do canal em nível de margens plenas nas bacias em apreço, a partir da área da bacia. As informações obtidas podem orientar técnicos em projetos de restauração de canais e direcionar trabalhos de avaliação das condições de degradação em ambientes fluviais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Oscar Vicente Quinonez Fernandez, Universidade Estadual do Oeste do Paraná


Downloads

Publicado

2011-02-08

Edição

Seção

Artigos