IMPLICAÇÕES ODONTOLÓGICAS DO BULLYING NA ADOLESCÊNCIA

Sérgio Spezzia

Resumo


Resumo

 

 

Bullying consta de transgressão que envolve muito comumente adolescentes, principalmente em suas escolas, o que impacta desfavoravelmente no funcionamento social, qualidade de vida e no bem estar desses indivíduos. Nessa situação oriunda de desigualdade de poder, desnecessariamente, empreende-se comportamento persistente, dotado de agressividade, visando ocasionar prejuízo moral ou de caráter físico. Existem situações clínicas em que a estética mostra-se prejudicada na saúde bucal, o que pode desencadear ocorrência do bullying. O objetivo da presente pesquisa foi por intermédio de um estudo de revisão bibliográfica investigar como as manifestações clínicas provenientes da saúde bucal repercutem na ocorrência de bullying na adolescência. Comumente repercutem, causando bullying situações que apresentam estética prejudicada ou pobre, tais como: má oclusão; apinhamento dental com overjet e overbite; dentes restaurados com aparência estética ruim ou com cor diferenciada visíveis em região anterior da boca; hipoplasia do esmalte, incluindo outros defeitos ou anomalias que podem ocasionar alteração da cor do esmalte e estética prejudicada; presença de múltiplas lesões de cárie visíveis, comprometendo a aparência física do jovem, dentre outros. Concluiu-se que o papel desempenhado pelo cirurgião dentista é fundamental para a elaboração de um plano de tratamento odontológico adequado com diagnóstico e prognóstico voltados para resolução dos problemas dentários que afligem a estética bucal dos adolescentes vitimados pelo bullying.

 

 

Palavras-chave: Bullying. Adolescente. Comportamento do Adolescente. Saúde Bucal. Qualidade de Vida.

 

 

Keywords: Bullying. Adolescent. Adolescent Behavior. Oral Health. Quality of Life.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ijosd.v2i50.36403

Apontamentos

  • Não há apontamentos.