Mundo Livre: Revista Multidisciplinar https://periodicos.uff.br/mundolivre <p>Criada em 2015, a Revista Mundo Livre é uma publicação multidisciplinar do Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional (ESR) da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Campos dos Goytacazes. Em seu processo editorial, privilegia trabalhos inéditos e originais desenvolvidos por estudantes de graduação e de pós-graduação, professores e profissionais vinculados às áreas das ciências humanas, ciências sociais e ciências sociais aplicadas com ênfase nas áreas de Administração, Ciências Sociais, Contabilidade, Economia, Educação, Geografia, História, Planejamento Urbano e Regional, Psicologia e Serviço Social. O periódico recebe trabalhos em fluxo contínuo de forma <em>on line</em>. Os autores devem tomar ciência e adequar seus trabalhos às normas da revista, descritas na seção <a title="Diretrizes para os Autores" href="https://periodicos.uff.br/index.php/mundolivre/about/submissions#authorGuidelines">Diretrizes para os Autores.</a></p> pt-BR Mundo Livre: Revista Multidisciplinar 2525-5819 <div><p>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</p></div><p>1.Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_blank">Licença Creative Commons Attribution</a> que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p><p>2.Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.</p><p>3.Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.</p> A sociologia do trabalho e o documentário “Indústria Americana” https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/49740 <p>Resenha sobre o documentário "Indústria Americana" à luz dos conceitos relacionados à Sociologia do Trabalho.</p> Ana Cláudia Bessa Copyright (c) 2021 Ana Cláudia Bessa https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-01-15 2022-01-15 7 2 319 323 Fatores associados à gravidez na adolescência https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/48842 <p>Este artigo analisa os fatores sanitários, sociais e econômicos associados `a gravidez na adolescência. Foi realizada pesquisa documental incidente sobre Declarações de Nascidos Vivos referentes a mães adolescentes, e pesquisa qualitativa, a partir de entrevista, com uso de formulário, a grupo de mães-adolescentes atendidas em maternidade, referência em gravidez de alto risco, no norte do estado do Rio de Janeiro. Seus resultados registram grande associação entre gravidez na adolescência, famílias de baixa renda e monoparentais femininas, ausência de planejamento familiar e de uso de métodos contraceptivos. Entre as repercussões da gravidez na adolescência, destacam as complicações obstétricas durante a gestação e/ou parto, o abandono escolar e a disfunção idade-série.</p> Viviane Aparecida Siqueira Lopes Jessyca Carvalho de Araújo Pereira Sepúlveda Copyright (c) 2021 Viviane Aparecida Siqueira Lopes, Jessyca Carvalho de Araújo Pereira Sepúlveda https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2021-12-15 2021-12-15 7 2 233 253 A política antidrogas dos EUA como estratégia de controle econômico e político da América Latina https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/47684 <p>Este artigo objetiva apresentar de forma sumária e introdutória a relação do combate ao tráfico internacional de drogas capitaneado pelos EUA como estratégia política e econômica de controle de países periféricos, em especial a América Latina. A metodologia utilizada foi a pesquisa teórica e documental sobre o tema através de documentos primários e secundários. Os resultados obtidos nos permitem constatar que, ao longo das últimas décadas, a política de combate às drogas propostas pelas agências norte-americanas têm-se revelado como mecanismo de inserção militar para “prevenir” manifestações e revoltas contra o poder do país supramencionado. Ou seja, através da política antidrogas os EUA conseguem impedir a ação de grupos rebeldes em alguns países periféricos ao mesmo tempo que se utiliza do narcotráfico para financiar grupos de direita.</p> Pedro de Oliveira Rodrigues Ednéia Alves de Oliveira Copyright (c) 2021 Pedro de Oliveira Rodrigues, Ednéia Alves de Oliveira https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2021-12-15 2021-12-15 7 2 254 270 Cyberbullying https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/49006 <p lang="pt-BR" align="justify">A partir de uma abordagem qualitativa e exploratória, este artigo apresenta uma revisão bibliográfica com o objetivo problematizar as políticas públicas propostas a partir de suas ações e programas para prevenir/combater o <em>cyberbullying</em> e garantir a segurança nos ambientes virtuais Os autores estudados no referencial teórico concordam que o <em>cyberbullying</em> apresenta características mais abrangentes que o <em>bullying, </em>na medida em que possui especificidades que repercutem com dinâmica, velocidade e proporções imensamente mais acentuadas, sendo responsabilidade do Estado, da família e da sociedade a prevenção e combate. Observa-se suas ações e programas de forma mais consistente, apenas, no âmbito da educação e que o Programa de Combate à Intimidação Sistemática <em>(Bullying</em>), principal política brasileira sobre a temática, necessita incluir em seu texto a classificação das práticas que podem ser consideradas <em>cyberbullying</em>, sua tipificação, normas para utilização de proteção à privacidade, assim como a identificação dos/as autores/as.</p> Adriane Cássia Silva Coitinho Eliana Perez Gonçalves de Moura Copyright (c) 2021 Adriane Cássia Silva Coitinho, Eliana Perez Gonçalves de Moura https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2021-12-15 2021-12-15 7 2 271 288 A liberdade conforme Paulo Freire https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/47216 <p>A palavra liberdade tem sido utilizada em diversas esferas, fazendo com que, muitas vezes, seu significado apresente variações conforme o autor. Consequentemente, nem sempre tal conceito de liberdade pode ser considerado equivalente ao que Hayek traz, um dos principais economistas da escola austríaca. Entre os autores brasileiros que utilizam o conceito de liberdade está Paulo Freire, educador que tem suas ideias permeadas em vários currículos escolares brasileiros. O presente artigo apresenta uma análise por meio de uma revisão bibliográfica do conceito de liberdade trazido por Freire, tendo como base a visão hayekiana para liberdade. Notou-se que o conceito de liberdade utilizado por Freire não é compatível com a liberdade descrita por Hayek, sendo diferenciada em termos de suas características, opressão, coerção, economia e a maneira de atingir a liberdade. Após a análise, concluiu-se que liberdade para Paulo Freire apresenta características positivas, o que se contrapõe à liberdade negativa de Hayek.</p> Giovanni Miraveti Carriello Guilherme Manassés Pegoraro Copyright (c) 2021 Giovanni Miraveti Carriello, Guilherme Manassés Pegoraro https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2021-12-15 2021-12-15 7 2 289 303 Acúmulo constitucional de cargos pedagógicos de natureza docente https://periodicos.uff.br/mundolivre/article/view/50728 <p>Artigo elaborado com a finalidade de contribuir com a reflexão entorno da polêmica sobre a natureza das funções de Orientação Educacional, Coordenação/Orientação Pedagógica e Supervisão/Inspeção de Ensino e a possibilidade de acúmulo de duas matrículas na mesma função, segundo exceção constitucional. A pesquisa bibliográfica abordou as fases de desenvolvimento das licenciaturas e do curso de pedagogia, suas mudanças, avanços e retrocessos. A análise documental das normativas de cada período permitiu verificar a natureza das mudanças e seus movimentos constituintes nas respectivas legislações. Tanto o arcabouço legal como a forma de atuar desses profissionais mudou no decorrer do tempo. A conclusão insofismável alcançada por meio do estudo é inequívoca, e ratifica a defesa dos profissionais supracitados como sendo essencialmente docentes.</p> Cláudio Adão Moraes Andrade Copyright (c) 2021 Cláudio Adão Moraes Andrade https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-01-15 2022-01-15 7 2 304 318