artes/vidas

Autores

  • Ricardo Basbaum Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.22409/poiesis.1829.235-246

Palavras-chave:

arte contemporânea, relações arte-vida, texto de artista, bioconceitualismo, neoliberalismo

Resumo

Se para as vanguardas modernas e para a primeira geração de artistas
contemporâneos (1950-1980), trabalhar as relações entre ‘arte’ e ‘vida’ implicou
em um desafiador deslocamento entre os dois campos, posicionados em tensionamento
recíproco, para a arte contemporânea do final do século XX – que assume
um papel central no deslocamento internacional do neoliberalismo – ‘arte’ e ‘vida’
são tomados como eixos naturalizadores da própria condição de valor do que seria
uma prática artística, assim como sua recepção. Daí ser necessário, no limiar
deste novo século, multiplicar e problematizar ambos os termos, flexionando-os
no plural: será preciso compreender como se articulariam artes e vidas, em seus
entrechoques, sob um horizonte de diferença e diversidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Basbaum, Universidade Federal Fluminense

Ricardo Basbaum nasceu em São Paulo em 1961. É Professor do Departamento de Arte da Universidade Federal Fluminense, Niterói.
Pesquisador permanente do PPGCA-UFF e PPGARTES-UERJ. Artista com diversas exposições individuais e coletivas. Expõe regularmente
desde 1981. Em 2017 realizou a exposição individual “corte-contaminação-contato” (Galeria Jaqueline Martins). Participou do
35º Panorama da Arte Brasileira (MAM-SP, 2017).

Referências

BASBAUM, Ricardo. Relationality. In CHOI, Binna; LIND, Maria; PETHICK, Emily; PETREŠIN-BACHELEZ, Nataša (eds.). Cluster:

Dialectionary. Berlim: Strenberg Press, 2014.

BASBAUM, Ricardo. Within the Organic Line and After. In ALBERRO, Alexander; BUCHMANN, Sabeth (eds.). Art after Conceptual

Art. Cambridge, MA; Londres: The MIT Press / Vienna: Generali Foundation, 2006, p. 87-99. (originalmente publicado e inglês, não

traduzido).

BELTING, Hans. Contemporary Art as Global Art: a Critical Estimate. In BELTING, Hans; BUDDENSIEG, Andrea (eds.). The Global Art

World: Audiences, Markets, Museums. Ostfildern: Hatje Cantz, 2009.

FOUCAULT, Michel. About the Beginning of the Hermeneutics of the Self - Two Lectures at Dartmouth. Political Theory, v. 21, v. 2,

maio 1993, p. 198-227.

KAPROW, Allan. Essays on the Blurring of Art And life. Berkeley: University of California Press, 1993.

HARAWAY, Donna. Manifesto para Ciborgues: ciência, tecnologia e feminismo socialista no final do século XX. In HARAWAY, Donna;

KUNZRU, Hari. Antropologia do ciborgue: as vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

HARDT, Michael; NEGRI, Antonio. Império. Rio de Janeiro: Record, 2005.

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos. Rio de Janeiro: Editora 34, 1994.

ROLNIK, Suely. ¿El arte cura?. Quaderns portàtils 02, Barcelona, MACBA, 2002.

Downloads

Publicado

2017-06-30