Comparação entre diferentes técnicas coprológicas e larvacultura para o diagnóstico das helmintoses gastrointestinais de bovinos

Cláudia Soares Santos Lessa, Maria de Lurdes Azevedo Rodrigues, Nicolau Maués Serra-Freire, Márcia Medeiros Araújo

Resumo


A carga parasitária de bovinos foi avaliada através de três técnicas coprológicas para detecção de ovos e através dalarvacultura para identificação de L3. Foram utilizados 50 bovinos procedentes da região leste do Estado do Rio deJaneiro. Duas técnicas de centrífugo-flutuação foram utilizadas, a de Figueiredo "modificada" e a de Wisconsin e atécnica de McMaster. O número de ovos encontrado em cada técnica variou bastante, o que acreditamos estar relacionadoà quantidade de fezes e ao tempo de centrifugação. A técnica de Wisconsin foi a mais eficiente em relação àsoutras duas técnicas testadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV