Avaliação microbiológica em ordenhadeira mecânica antes e após adoção de procedimento orientado de higienização

Eliane Resende Costa Cavalcanti, Marcos Antônio Rocha Cavalcanti, Wesley José de Souza, Danielle Godinho de Araújo

Resumo


O leite é um alimento de origem animal de excepcional valor nutritivo para o consumo humano. Da mesma forma, constituiseem um excelente meio de cultura para multiplicação de micro-organismos, inclusive patogênicos, podendo atuar comofonte de infecção de doenças de caráter zoonótico. A higiene antes, durante e após a ordenha, influencia muito na qualidadebacteriológica do leite cru. Basedo neste atributo de qualidade, foi realizado um trabalho para avaliar a reestruturação doprocedimento de higienização de ordenhadeira mecânica através de análises bacteriológicas da superfície de diferentespontos da ordenhadeira e do leite cru. A fazenda onde o estudo foi aplicado está situada no município de Urutaí, regiãosudeste de Goiás. A pesquisa foi realizada com 30 animais com produção diária de 300 litros de leite. O equipamento deordenha utilizado para estudo é da marca Pionner, com oito conjuntos canalizados para um tanque de armazenamento comcapacidade para 800 litros. O procedimento de higienização adotado foi modificado e adaptado àquele já empregado pelafazenda, porém com aumento da frequência de alguns procedimentos e monitoramento constante das concentrações dassoluções do tempo e da temperatura. As amostras de leite cru foram coletadas antes e após a adoção dos procedimentosde orientação de higienização da ordenhadeira mecânica. Observa-se que, mesmo antes da adoção dos procedimentosorientados de higienização, as contagens se encontravam dentro do preconizado pela Organização Mundial de Saúde(OMS). Após a adoção dos procedimentos, a superfície da mangueira e do tanque de resfriamento continham menos de 1UFC/cm2. Houve também uma redução de mais de 1 ciclo logarítmico no número de mesófilos e psicotróficos aderidos nassuperfícies do sistema de ordenha. A média das contagens de bactérias heterotróficas aeróbias mesófilas e psicotróficasno leite cru, mesmo antes da intervenção com a introdução do procedimento assistido, estava abaixo de 106 UFC/mL. Apóso procedimento assistido esses números baixaram para 1,7 x 103 e 4,5 x 102, respectivamente para mesófilos e psicotróficos,demonstrando que a mudança de atitude quanto à doação de técnicas adequadas de higiene da ordenha é uma estratégiapara melhoria da qualidade bacteriológica do leite.

Palavras-chave


ordenhadeira, higienização, leite, qualidade microbiológica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV