Proteinograma e exame coproparasitológico de ovelhas das raças Ideal e Suffolk durante o periparto

Nayro Xavier de Alencar, Aguemi Kohayagawa, Carlos Frederico C. Rodrigues, Paulo César Ciarlini, Paulo Roberto Rodrigues Ramos, Karla Conceição Higino de Campos

Resumo


O parasitismo por nematódeos gastrointestinais é, provavelmente, o mais importante fator que afeta a produtividade emfazendas de criação de ovinos, sendo observado principalmente durante a gestação e a lactação. Com o objetivo de avaliar asalterações do proteinograma em ovelhas naturalmente infectadas por parasitas gastrointestinais durante o período do periparto,coletaram-se, semanalmente, amostras de sangue e fezes de 42 ovelhas, sendo 18 da raça Ideal e 24 da raça Suffolk. Ascoletas foram realizadas em 12 momentos, sendo três no período do pré-parto (PP), seis durante a lactação (LA) e três noperíodo do pós-desmame (PD). A análise dos resultados demonstrou hipoproteinemia, com redução dos níveis séricos dealbumina e da relação albumina:globulina (A:G) e hiperglobulinemia apenas na raça Suffolk. A eletroforese das proteínasséricas revelou baixos níveis das frações b e g globulina, principalmente na raça Ideal. Os resultados do OPG revelaram altataxa de infecção por nematódeos, identificados pela coprocultura como sendo dos gêneros Haemonchus e em menor grauTrichostrongylus, Oesophagostomum e Cooperia. As alterações observadas neste experimento ocorreram durante o final dagestação e, principalmente, durante a lactação e estas foram mais evidentes nos animais da raça Ideal.

Palavras-chave


eletroforese, proteinograma, Haemonchus, ovino

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV