Avaliação do desempenho dos exames anatomopatológico e histopatológico na inspeção post mortem de bovinos suspeitos ou reagentes à prova de tuberculinização

Autores

  • Paulo Sérgio de Arruda Pinto Departamento de Veterinária – Universidade Federal de Viçosa – CEP 36571-000 – Viçosa, MG.
  • Marlene Isabel Vargas Viloria Departamento de Veterinária – Universidade Federal de Viçosa – CEP 36571-000 – Viçosa, MG.
  • José Eurico de Faria Departamento de Veterinária – Universidade Federal de Viçosa – CEP 36571-000 – Viçosa, MG.
  • Laerte Pereira de Almeida Faculdade de Medicina Veterinária – Universidade Federal de Uberlândia – Uberlândia, MG.

Palavras-chave:

tuberculose, exame anatomopatológico, exame histopatológico, tuberculina, inspeção de carnes

Resumo

A tuberculose é uma zoonose associada a sérios prejuízos sanitários e econômicos. A infecção por tuberculose bovina étradicionalmente identificada pela conversão à tuberculina. Embora esteja previsto o emprego de exames laboratoriais no seudiagnóstico, o exame anatomopatológico tem sido o principal recurso utilizado na inspeção post mortem de animais emmatadouros. O experimento foi conduzido com 50 bovinos reagentes ou suspeitos à prova de tuberculinização intradérmicaano-caudal, com confirmação da prova comparativa cervical. Todos estes animais foram submetidos ao exameanatomopatológico. Visando o exame histopatológico, foram coletados dos bovinos abatidos, sob inspeção, tecidos contendolesões macroscópicas sugestivas (19) ou típicas (12) de tuberculose e de 19 outros linfonodos cervicais superficiais e ilíacosinternos, aleatoriamente escolhidos para exame. Apenas 18% dos bovinos tuberculina positivos e nenhum dos suspeitosapresentaram lesões histológicas, sendo todas estas associadas com lesões anatomopatológicas típicas. Frente ao exameanatomopatológico, o histopatológico obteve uma baixa sensibilidade de 19%, mas sua especificidade foi de 100%, indicandoser um apreciável recurso auxiliar de diagnóstico da tuberculose em situações especiais, como a de abate de bovinostuberculina positivos e suspeitos. O número de lesões encontradas por bovino tuberculina positivo foi de 1,53. Os locaisdestacados no diagnóstico da tuberculose bovina foram os tecidos respiratórios e digestivos, sobretudo os linfonodosmedistínicos e bronquiais e o pulmão. O exame histopatológico apresentou menor sensibilidade, entretanto, maiorespecificidade que o anatomopatológico; porém, quando o exame anatomopatológico é realizado com método detalhado,este se apresenta como um teste mais sensível, comportando-se como um satisfatório exame em inspeção post mortem.

Downloads

Publicado

2004-01-30

Edição

Seção

Patologia e Análises Clínica Veterinária