Estudo clínico da infecção de felinos pelo vírus da leucemia felina em São Paulo

Mitika K. Hagiwara, Archivaldo Reche Júnior, Silvia Regina Ricci Lucas

Resumo


Para avaliar a freqüência da infecção pelo vírus daleucemia felina (VLF), 298 gatos doentes, atendidos noHospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterináriae Zootecnia da Universidade de São Paulo, foram submetidosao teste imunoenzimático para a detecção deantígenos virais do VLF (Leukassay F., Pitman MooreInc.). Dos animais submetidos ao teste, 37 (12,5%) apresentaram-se positivos, com diagnóstico clínico dehemobartonelose (1 0), linfoma mediastinal (7), icterícia efebre (3), peritonite infecciosa felina (2), anemiahipoplásica (2), uveíte (2), gastroenterite (2),trombocitopenia (2), periodontite (2) atrofia do ti mo (1 ),doença respiratória crônica (1) e contactante eassintomático (1 ). A maioria dos animais acometidos situava-se na faixa etária de 30 a 36 meses, tendo o maisjovem um mês e o mais velho 12 anos de idade. A infecçãofoi observada com maior freqüência entre os machos,que responderam por 67,5% dos casos, havendo tambémpredominância dos felinos sem raça definida.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV