COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA Ehrlichiose clínica em gato (Felis catus)

Nádia Regina Pereira Almosny, Luis Eduardo Almeida, Namir Santos Moreira, Carlos Luis Massard

Resumo


Ao examinar-se esfregaços sangüíneos de um felino no Laboratório de Patologia Clínica da Universidade FederalFluminense, observaram-se mórulas características de Ehr!ichia Sp em linfócitos. O animal apresentava febre,apatia, anorexia , mucosas pálidas e leve desidratação. As alterações observadas no hemograma foram anemianormocítica e normocrômica e leucopenia. A resposta ao tratamento com tetraciclina foi muito boa, tendo sidoobservada melhora clínica e o desaparecimento das mórulas. Estudos estão sendo efetuados a fim de avaliar-se aocorrência do parasito em gatos, uma vez que este é o primeiro relato de ehrlichiose em gatos no Brasil

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV