COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA Leucose bovina esporádica, tipo bezerro. Relato do primeiro diagnóstico no estado do Pará

Ernõ Túry, Alison Miranda Santos, William Gomes Vale, Márcia Costa S. Sobrinha

Resumo


Pela primeira vez no . estado do Pará . foi diagnosticada pelos métodos anátomo e histopatológicos um caso de'infossarcoma bovina esporádica em um bezerro da raça Si mental, macho, com três meses de idade pertencente a umebanho altamente infectado pelo vírus da leucose enzoótica bovina (LEB). A necropsia revelou hipertrofia dos linfonodosregion;;lis, esplenomegalia, hepatomegalia e formações tu morais nos rins. Histologicamente observou-se nas víscerasalteradas uma proliferação tu moral com células pequenas e grandes da série linfocitária e com índice mitótico 1,1; 1 ,4;1 ,5, conforme a Working Formulation of National Cancer lnstitute (Vernidor et. ai., 1992), no fígado, baço e rim, respectivamente.No fígado ainda foi encontrada uma grave degeneração gordurosa, como conseqüência dos distúrbios circulatórios causados pela infiltração tumoral a nível de sinusóides. Conforme a classificação patológica, o caso pode serconsiderado como "linfossarcoma difuso e misto de pequenas e grandes células".

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV