Polarização da distribuição de renda no Brasil

Rodolfo Hoffmann

Resumo


Considerando tanto a distribuição do rendimento do trabalho por pessoaocupada como a distribuição do rendimento domiciliar per capita no Brasil,de 1987 a 2005, mostra-se que há uma tendência de redução da bipolarização.Verifica-se que a medida de polarização de Esteban e Ray (1994) calculada paraos mesmos dados, usando grande número de estratos, capta, essencialmente, aformação de picos na distribuição, associados à tendência de as pessoas declararemvalores redondos para seu rendimento e ao fato de o salário mínimo ser ounão um número redondo, em dezenas ou centenas de unidades monetárias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/economica.10i2.p115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.