Polanyi e Granovetter a partir do Olhar de Lukács

Paulo Henrique Furtado de Araujo

Resumo


O artigo examina criticamente as contribuições de Polanyi e Granovetter sobre as noções de enraizamento e inserção do indivíduo em redes sociais a partir da construção proposta por Lukács em “Para uma Ontologia do Ser Social”. Propõe-se a repensar e apontar pistas para uma explicação, adequada ao pensamento marxiano, das necessárias articulações entre as tomadas de decisão realizadas no aqui e agora, no cotidiano do mundo dos homens, e as legalidades e tendências mais gerais produzidas por elas e sentidas na totalidade do ser social.

Texto completo:

Araujo


DOI: https://doi.org/10.22409/economica.17i1.p79

Apontamentos

  • Não há apontamentos.