Inflation inertia: a time-series comparative analysis

Autores

  • MATEUS BOLDRINE ABRITA Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Ricardo Dathein UFRGS
  • Allan Silveira dos Santos UNB
  • Angelo Rondina Neto UEL

Resumo

Despite the deindexation occurred after the Real Plan in Brazil, several mechanisms of in-flation indexation persist, e.g., rental contracts readjustment, electricity and telephony tariffs,minimum wage readjustments and the governmental long-term interest rate. This study ana-lyzes the recent inertial component weight for a set of selected countries, i.e., Brazil, Chile,and the United States (US). For this, we used a vector autoregressive (VAR) model, setting theautoregressive component as a proxy for inertial weight. The variance decomposition and theimpulse-response of the inflation index evidence that Brazil’s inflation present a higher inertiarelative to Chile and US. This finding suggests a higher degree of vulnerability of Brazilianeconomy in the face of external shocks, which, due to high inertial demeanor of the economy,could lead to higher rates of sacrifice in future crises that Brazil confronts.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

MATEUS BOLDRINE ABRITA, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Possui graduação UFMS (2010), mestrado UEM (2012) e Doutorado UFRGS (2018) em Economia. Atualmente é professor efetivo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Tem experiência nos seguintes temas: economia monetária, industrial, brasileira, agronegócio, desenvolvimento regional e econômico, mercado de capitais, inovação e geografia econômica. Possui Livros e capítulos publicados, artigos em periódicos científicos no Brasil e exterior. Também, trabalhos apresentados em eventos científicos no Brasil, países da América do Sul, Europa e Estados Unidos. Assessor de relações interinstitucionais na UEMS e atual coordenador do Centro de Estudos de Fronteira General Padilha - CMO/UEMS/UFMS. Articulista esporádico nos jornais Lê Monde Diplomatique, O Estado MS e Correio do Estado. Comentários nas rádios Jovem Pan CG e Educativa FM. Membro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Membro do Comitê Coordenador da Rede internacional HERMES - Pesquisadores Internacionais de Fronteiras, Integração e Conflitos.

Downloads

Publicado

2021-12-02

Edição

Seção

Artigos