Mestiçagem e formação existencial

Anne-Marie Oliveira

Resumo


Partindo de algumas metáforas ligadas ao ato educativo (a acumulação, a moldagem, a escultura, a construção, a fabricação), o texto propõe uma análise do imaginário que permeia a formação permanente de professores. Desenvolve, então, por meio de uma nova metáfora – a da mestiçagem -, uma reflexão sobre a formação existencial dos sujeitos educadores.

Palavras-chave: formação de professores; imaginário; subjetividade.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i09.133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Anne-Marie Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                   

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter