Los organismos internacionales y la modernización de la educación superior en América Latina

Maria Ortiz

Resumo


Este trabalho reflete acerca das políticas mundiais de modernização da educação superior impulsionadas na América Latina na década de 1990 por meio dos programas de assistência técnica e financeira dos organismos internacionais. A importância desta reflexão está em interrogarmos sobre os fundamentos e o contexto geopolítico de tais políticas, sobretudo a respeito das noções de avaliação de qualidade educativa que são a base das reformas administrativo-acadêmicas de nossas instituições. O propósito é o de contribuir com o debate necessário sobre os rumos que vêm sendo traçados nas instituições de educação superior dos países latino-americanos no tocante às políticas globais e governamentais de modernização educativa que fazem parte orgânica da globalização neoliberal em curso

Palavras-chave: educação superior; América Latina; modernização; políticas neoliberais.


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i11.149

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Ortiz

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                   

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter