Memória, tradição oral e a afirmação da identidade negra

Acildo Silva

Resumo


O presente trabalho é parte do estudo realizado no mestrado em Educação na Universidade Federal de Mato Grosso cuja proposta foi fazer uma reflexão sobre a importância da tradição oral na ressignificação da identidade negra e na educação e reeducação dos homens e das mulheres negras de Vila Bela da Santíssima Trindade, primeira capital colonial de Mato grosso, entre 1752 a 1835, localizada na região do Vale da Guaporé, no extremo oeste do Brasil

Palavras-chave: memória; tradição oral; identidade negra


Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i12.160

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Acildo Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                   

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter