A Felicidade como Promessa e como Injunção da Sociedade Contemporânea: Apontamentos para um Programa de Pesquisa sobre Felicidade, Governamentalidade Neoliberal e Psicologia Positiva

Antonio Stecher, Rodrigo de la Fabián

Resumo


Discute-se a crescente centralidade nos imaginários da modernidade contemporânea da promessa e problemática da “felicidade”, tanto no nível dos projetos de autorealização dos indivíduos, como do desenho e orientação das políticas públicas no nível do Estado. O artigo trata do vínculo entre a governamentalidade neoliberal e os novos discursos, práticas e tecnologias do eu direcionadas para a felicidade, e descreve a centralidade que a psicologia tem tido como saber especializado na hora de conceder legitimidade científica a esse conjunto de discursos, práticas e tecnologias. Propõe-se, finalmente, um conjunto de eixos a serem considerados para uma linha de pesquisa empírica sobre essa temática, interessada em compreender, a partir da perspectiva de uma analítica da governamentalidade, o arranjo contemporâneo entre certos jogos de verdade (o saber da psicologia positiva), formas de governo e condução do comportamento das populações e dos sujeitos (racionalidade neoliberal) e vetores de subjetivação (sujeito feliz).


Palavras-chave


governamentalidade neoliberal; felicidade; psicologia positiva; subjetividade; crítica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ayvu.v3i2.22217

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Por meio da publicação semestral de artigos inéditos, a AYVU: REVISTA DE PSICOLOGIA tem por objetivo favorecer a produção e a livre circulação de ideias que contribuam para a construção de uma Psicologia concernida com sua diversidade interna, suas múltiplas interfaces, o exame crítico de seu tempo e suas implicações teóricas e éticas.


Convidamos a todos a navegarem no site da revista para acessar as normas de submissão, diretrizes para autores, números publicados, etc.

Sejam bem-vindos!



Equipe editorial

Ana Cabral Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Augusto Cesar Freire Coelho, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Camilo Barbosa Venturi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Gustavo Cruz Ferraz, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thiago Constâncio Ribeiro Pereira, Universidade Federal Fluminense (UFF)