Mercados imobiliários em áreas pobres: singularidades, particularidades e universalidades

Norma Lacerda

Resumo


As reflexões sobre o mercado imobiliário em áreas pobres induziram questionarmos se as suas normas gerais de funcionamento não estariam obscurecendo as particularidades e as singularidades observadas em cada um dos submercados, especialmente no de locação, em que as relações interpessoais perduram durante todo o período do aluguel. Frente a essa indagação, este texto tem como objetivo verificar a hipótese de que o mercado imobiliário de locação em áreas pobres funciona a partir de normas gerais, mas também de normas dependentes das situações nas quais eles se inserem. O teste dessa hipótese levou a refletir-se sobre a possibilidade de uma leitura econométrica dos preços realizados, bem como sobre a validade de políticas de regularização fundiária de caráter universal.


Palavras-chave


mercado imobiliário formal, mercado imobiliário informal, áreas pobres

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2012.v14i28.a13642

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Periodiciodade Quadrimestral - ISSN 15177793 (impresso). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.