Transições entre situações de atividade, inatividade e estudo dos jovens nem-nem no Brasil – 2012/2016

João Saboia, Denise Guichard Freire

Resumo


Os jovens que nem trabalham e nem estudam representam um conjunto expressivo no Brasil e têm recebido cada vez mais atenção na busca de seu melhor entendimento. Esse artigo apresenta uma resenha bibliográfica dos estudos já realizados sobre os jovens nem-nem brasileiros. Analisa pela primeira vez as probabilidades de permanência e de transição desses jovens entre as várias situações de atividade e frequência escolar a partir das informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNADC) no período 2012/2016, quando a economia passou por um processo de desaceleração e crise. Os resultados apontam para o dinamismo existente nas transições dentro do conjunto de jovens nem-nem.




DOI: https://doi.org/10.22409/economica.0i0.p359

Apontamentos

  • Não há apontamentos.