A distribuição do tempo dedicado aos afazeres domésticos entre homens e mulheres no âmbito da família

Cristiane Soares

Resumo


Este artigo tem como objetivo mostrar
as desigualdades de gênero, intrínsecas no
âmbito da família, no que se refere à realização
do trabalho doméstico. Na sociedade atual, os
afazeres domésticos ainda se constituem uma
tarefa das mulheres, embora se tenha observado
um pequeno aumento da participação
masculina nessas atividades nos últimos anos.
A análise na Pesquisa Nacional por Amostra
de Dados (PNDA, 2006) do tempo dedicado
aos afazeres domésticos revelou que, além
do sexo, a condição na família e os tipos de
arranjos familiares são fatores importantes
nessa discussão mais ampla de trabalho e uso
do tempo. Observaram-se comportamentos
diferenciados nas famílias, no que se refere
ao tempo gasto com afazeres domésticos,
principalmente se há a presença de cônjuge,
crianças e idosos. A condição econômica
também é outro aspecto importante, pois
nas famílias com baixo rendimento e filhos
menores evidenciou-se uma participação mais
intensa das mulheres nos afazeres domésticos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rg.v9i1.93

Apontamentos

  • Não há apontamentos.